Geraldo Simões pediu R$ 200 mil para campanha da esposa em Itabuna, diz delator

Geraldo Simões pediu R$ 200 mil para campanha da esposa em Itabuna, diz delator

O ex-deputado federal Geraldo Simões (PT) intermediou o pagamento de R$ 200 mil para a campanha de sua esposa, Juçara Feitosa, à prefeitura de Itabuna, em 2012. De acordo com o delator da Odebrecht, Alexandre José Lopes Barradas, o dinheiro que irrigou a candidatura de Juçara foi pago a pedido de Simões, que negociou, como contrapartida, a contratação da empresa para obras de abastecimento de água e esgoto na cidade, caso ela fosse eleita. Segundo o Ministério Público Federal, as “vantagens” não foram contabilizadas. Apesar do suposto reforço financeiro nas contas da campanha, Juçara não foi eleita em 2012 e acabou ficando apenas em terceiro lugar no pleito. Por ordem do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), a petição com as informações fornecidas pelo Ministério Público Federal foi remetida à Justiça Federal da Bahia e à Procuradoria da República do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *